17.9.09

Origem.




- Oh, Horáculo, eu estou tão confusa. Sinto como se tudo o que eu quero fosse tão vago que se torna quase impossível conseguir. Não sei o que fazer.

- ...

- Se eu pudesse falar sobre isso com alguém que realmente pudesse me ajudar, talvez melhorasse. Mas meus amigos estão tão desorientados como eu, e sempre que falo sobre isso com meus pais, me sinto uma péssima filha. Definitivamente, preciso de conselhos.

- ...

- Eu poderia me casar logo com o Zeuszimar. Ou até mesmo ser meteorologista, como ele, e aí economizava no equipamento. Mas, não tem paixão nenhuma. É como se fosse tudo em vão. Oh, Deuses! Porque eu?

- Caaale-se.

- O que? Oh, Meus Deuses. Que isso?! Quem está aí?

- ...

- Horóscopo? É você? É você me dando uma resposta? Diga que sim, esperei tanto por esse momento!

- Oi, Afrojudite. Sou só eu; nada de Horáculo.

- Germes! Como ousa? Escutando minhas reflexões. Maldito seja!

- Na verdade eu vim aqui entregar-lhe uma mensagem de Zeuszimar e você tava toda animada aí falando com as pedras. Fiquei sem graça de atrapalhar. Bom, aqui está.

- Então porque disse que me calasse? E porque se escondeu?

- Porque eu achei que podia conseguir alguma informação interessante para o aC - Atenas Comics; sabe, a revista de fofocas. Eles pagam em divindades. Seja como for, não aguentei. Você é bem chata.

- Mares e tempestades! Eu o amaldiçoo. Todos os homens da sua família serão incapazes de compreender uma só palavra do que as mulheres entendem. Assim, pagarão pelo seu pecado!

- Que seja. O que diz o bilhete, afinal?

- Ah, sim. Acha que o direi? Apenas vá embora e avise que a deus Afrojudite está furiosa, furiosa!

- Até parece. Eu sei que você quer fofocar. Vamos, leia.


- Já que não tenho mais meu Horáculo... Está certo. Lá vai:

" Afrojudite,



é com tristeza que lhe informo o fim do nosso noivado. Não poderei mais casar contigo, uma vez que você contou para todas suas amigas da Olimpicus - Academia e Spa, do meu... dos nossos problemas na cama.



E, além do mais, conheci Herva. Estou viciado nela. Espero que entenda.

Adeus,

Zeuszimar."

- Não! Não pode ser! AAAH!

- Você e ele têm problemas na cama? Agora sim uma informação que valhe de alguma coisa.

- Ora, chega! Estou farta! Amaldiçoo também todos os homens da família de Zeuszimar. Todos eles serão viciados em bundas e peitos, e nunca poderão escolher uma mulher bela de verdade. Como eu. Hum!





--//--






E assim, criou-se o berço de boa parte da humanidade. Bem, são todos idiotas. xD



5 comentários:

  1. Oh Adriano você ta me ouvindo?

    ResponderExcluir
  2. KKKKKKKKKKKKKKK... Texto Genial !!!
    Sou da família de Germes, pq não entendo nada que as mulheres falam. Bárbara vc conhece o antidoto !? Me passa hein !?
    KKKKKKKKKKKKKKKKK...
    Genial !!!

    ResponderExcluir
  3. Oi!!
    Adorei o texto!
    Principalmente, a "Atenas Comics"! Hehe!
    Adorei sua mistura entre mitologia e o mundo fútil atual...
    Bjs!

    ResponderExcluir
  4. haha FOOODA. sério, adorei. raxei na parte da "herva". ficou muito bom *-*

    ResponderExcluir
  5. hauahuahuahuha
    Sejam viciados em bundas e peitos!
    A culá é dele então.. Eu achava que era uma questão de aparencia fertil. Tolinho...

    ResponderExcluir